SOBRE A EMPRESA

Fundada pela Família Costa, em 1990 na cidade de Paulinia, a RollPack, chamada inicialmente como Verplastic, teve sua entrada no mercado através da compra de sua primeira máquina extrusora para a transformação de embalagens plásticas.

Desde então, através de investimentos, engajamento familiar e de seus colaboradores, a pequena fábrica de plástico teve um crescimento impressionante, necessitando de um espaço físico maior, o que gerou a mudança para a atual sede em Campinas-SP, adquirindo um novo nome, RollPack.

Impulsionada pela sua expansão comercial a RollPack não parou mais de crescer. Em 2004 foi adquirida a sua segunda unidade localizada também em Campinas, onde se concentra serviço de logística e sistema de distribuição.

Hoje, a RollPack atua no segmento de bobina fundo estrela e sacola retornáveis, com cerca de 200 clientes e 80 colaboradores, buscando sempre qualidade em seus produtos e seus serviços.

A RollPack possui máquinas modernas e linhas de produção versáteis, possibilitando o atendimento personalizado de todos os tipos de clientes: indústria, comércio, atacado e varejo.

Além da infra-estrutura industrial a empresa tem uma estrutura de operação ágil, versátil com pronto atendimento de nossos principais produtos, trazendo assim mais beneficios aos nossos clientes: Equipe comercial treinada, área técnica de atendimento e desenvolvimento, laboratório de análises próprio, controle de qualidade em todos os setores produtivos, além de representantes comerciais nas principais capitais brasileiras.

A RollPack possui um serviço de logística e sistema de distribuição eficiente, com frota própria e trabalhando com transportadoras de grande porte em nível nacional, trazendo confiança, precisão e agilidade em nossos serviços de entrega, trabalhando com tecnologia e comunicação transparente, visando sempre prazo, qualidade e a satisfação de nossos clientes.

Capacidade de criar, personalizar e realizar. Estas são as características marcantes do serviço que oferecemos, objetivando sempre a qualidade e satisfação de nossos clientes.

MISSÃO

“Fornecer solução segura, confiável e sustentável, objetivando resultados positivos e a satisfação cada vez maior de seus cliente, através de profissionais treinados e capacitados em cada setor”.

VISÃO

“Ser a melhor, a mais eficiente e completa empresa no fornecimento de embalagens flexíveis”.

VALORES

“Foco no cliente, qualidade, confiança, repeito, dignidade e integridade”.

MEIO AMBIENTE

Plástico é todo composto sintético ou natural que tem como ingrediente principal uma substância orgânica de elevado peso molecular. Em seu estado final é sólido, mas em determinada fase da fabricação pode comportar-se como fluido e adquirir outra forma. Em geral, os plásticos são materiais sintéticos obtidos por meio de fenômenos de polimerização ou multiplicação artificial dos átomos de carbono nas grandes correntes moleculares dos compostos orgânicos, derivados do petróleo ou de outras substâncias naturais. O nome plástico vem do grego plastikos, “maleável”. Os polímeros, moléculas básicas dos plásticos, estão presentes em estado natural em algumas substâncias vegetais e animais como a borracha, a madeira e o couro. Há substâncias, como a celulose, que apesar de terem propriedades plásticas não se enquadram nessa categoria.

O plástico não é poluente, em contato com a terra ou água é inerte e não se mistura.

O plástico é 100% reciclável, transformando-se em novos produtos ou fonte de energia

É fundamental para a redução da poluição ambiental.

Economia de energia elétrica

Para reciclar 1 tonelada de plástico, economiza-se 130 kg de petróleo.

Reduções da exploração ambiental

Diminuições de rejeitos

HISTÓRIA DO PLÁSTICO

Plástico é todo composto sintético ou natural que tem como ingrediente principal uma substância orgânica de elevado peso molecular. Em seu estado final é sólido, mas em determinada fase da fabricação pode comportar-se como fluido e adquirir outra forma. Em geral, os plásticos são materiais sintéticos obtidos por meio de fenômenos de polimerização ou multiplicação artificial dos átomos de carbono nas grandes correntes moleculares dos compostos orgânicos, derivados do petróleo ou de outras substâncias naturais. O nome plástico vem do grego plastikos, “maleável”. Os polímeros, moléculas básicas dos plásticos, estão presentes em estado natural em algumas substâncias vegetais e animais como a borracha, a madeira e o couro. Há substâncias, como a celulose, que apesar de terem propriedades plásticas não se enquadram nessa categoria.